sexta-feira, 27 de julho de 2012

Desabafos...


                 Andei meio sumido, falta de tempo e inspiração mesmo. Decidi postar hoje coisas aleatórias que andei desabafando essa semana, tava meio inspirado. O post ficou meio extenso, no entanto acho que a quem interessar ler será uma coisinha rápida e la vamos ‘’nóis’’:
                Achava que para me importar com alguém ciúmes era essencial, no entanto descobrimos que somos livres pra fazer o que bem entender; você escolhe estar com alguém porque lhe faz bem não porque é obrigado. Fidelidade ocorre rara as vezes, amor fica, paixão e interesse se perdem da mesma maneira que veio, subitamente como um ataque cardíaco.
                Jamais coloque a culpa de sua incapacidade de amar e se entregar, em um relacionamento, nos defeitos do outro; pois o único que realmente terminou com tudo e não demonstrou o interesse que diz ter, foi você que é incapaz de observar nas menores atitudes o quanto estava afim de algo mais. Ou mesmo sabendo disso insistiu, pois ficar só não era opção para você. Era tão fácil me ter quando bem entendesse e minha falta sentisse, esporadicamente claro, porque só faço falta quando convém.
                Sinto como se estivesse escapado dos seus doces lábios, tão distante. Só o sinto ir para o mais longe de mim, embora queira gritá-lo somente ouço um sussurro e com ele aquele aperto no peito, a falta de ar, e escorrendo pela minha face as lembranças que criei com e de você; mesmo aquelas criadas com o tempo, e o que quero pra nos, esvaindo-se. Sem poder gritar, sem poder contar com você. Pois está longe, como em uma ilha deserta (mesmo que criada por você), a qual não sei onde é e como achá-la.Não importa o que já decidi pra nos, sendo que a sua resposta que definirá se sim ou não.
                A melhor maneira que encontrei pra chegar a você é ignorando, pois quando dou atenção faz pouco caso e isso não é bom para mim ao menos, espero demais dos outros tenho que diminuir as minhas expectativas e pensar em você como qualquer um. Porque quando as pessoas assumem que já tem algo garantido não dão o verdadeiro valor.
                Não entendo a calma que vem atrelada a você, posso estar muito irritado (mesmo se for com você), no entanto basta vir conversar comigo do seu jeitinho que me desestabiliza, perco o foco e ate esqueço o motivo que veio a me irritar. Você me entorpece; seu sorriso, seu olhar, a sua maneira de andar, não importa quantas vezes observei sempre há algo diferente que como tudo que já vi em você, continua a me encantar, mesmo que sorrateiramente. As vezes me pego sorrindo ao lembrar de seu perfume ou de suas manias. Ainda assim cumprirei com o que prometi  a você, será difícil, sufocante; ao mesmo tempo em que vejo certa necessidade em fazê-lo.
               Bjão e abração pro ces! Em especial pra minha amiga que agora virou uma tchutchuca, boa recuperação minha linda.
Diz tudo...
*Copiei a imagem descaradamente, e sem pedir, daqui. Caso quiser que a retire e so avisar, que apos receber a retiro.